Alimentação natural para pets

Há quatro anos, a engenheira Juliana Braga iniciou uma pesquisa profunda sobre alimentação natural para cães depois que o seu cãozinho Romeu teve uma reação alérgica às rações comerciais disponibilizadas no mercado.

“Percebi que outras pessoas passavam por situações muito parecida com a minha e decidi transformar minha experiência numa oportunidade de negócio”, conta. Surgia ai a Cousine du Pet. “Em meio a muitas pesquisas, descobri como a alimentação natural poderia fazer diferença na saúde e na vida de Romeu. Quanto mais aprofundava conhecimento no assunto mais ficava clara a importância de mudar a alimentação dele. A solução estava na minha cozinha”, revela a engenheira apaixonada por bichos.

Com quatro cardápios distintos para cães adultos saudáveis, dois cardápios para filhotes de cães, dois para gatos, além da linha terapêutica, a empresa trabalha com alimentos naturais congelados. Atualmente, além da loja física, com inauguração prevista para o início de Outubro, a empresa trabalha com Delivery e encomendas diversas.

As dietas incluem proteínas (carne bovina, suína, frango ou peixe), verduras selecionadas, carboidratos de alta qualidade e não inflamatórios, que garantem mais prazer, nutrição e saúde para as refeições dos cães e gatos. Além dos pratos convencionais, animais com alguma restrição de saúde terão cuidados especiais com a prescrição de dietas personalizadas.

“A depender da patologia, da condição de vida do animal, podem ser necessárias dietas específicas prescritas por profissionais qualificados”, acrescenta a empresária.

De acordo com a veterinária e nutróloga Daniela Carapiá, responsável técnica pelos alimentos naturais preparados na Cuisine du Pet, a grande vantagem dos produtos reside na oferta de uma alimentação mais próxima das origens do animal, sem aditivos, conservantes ou corantes, além de apresentar um sabor melhor.

“Tudo é picadinho de modo que o pet possa se alimentar das proteínas e vegetais sem fazer separação de nada”, completa, ressaltando que a comida lembra um pouco a alimentação humana, sendo que tudo é pensado e dosado para atender as necessidades dos peludos.

Os cardápios são apresentados em embalagens de 150g a 700 g, todos embalados à vácuo e congelados. Os valores de cada cardápio variam de R$6,00 a R$21,00. “Para usar, basta retirar do congelador,  manter no refrigerador de um dia para o outro e servir ao animal. Se quiser servir aquecido, a embalagem pode ir em banho maria”, ensina a veterinária.

Vale salientar que a alimentação natural para pets não é igual a oferecer resto de comida, mesmo caseira. Isso porque existem alimentos que são tóxicos para os pets.

“Alguns alimentos não podem ser consumidos por cães e gatos como, por exemplo, a cebola, que causa anemia. A uva, inclusive a passa, pode desencadear processos de insuficiência renal”, esclarece a veterinária Daniela Carapiá, lembrando que azeite doce, óleo de coco e ovos são excelentes para a saúde dos pets. “A comida de verdade para cães e gatos pode custar um pouco mais que a rações secas. Porém, o ganho na saúde do animal, com menor gastos com consultas e remédios, compensa, com toda certeza”, conclui.

Fonte: iBahia

Related Posts

Vera Damian lança livro

Vera Damian lança livro

A história, criada pela jornalista ambiental Vera Mari Damian, surgiu a partir de uma brincadeira com as netas, quando tentavam identificar as flores pelo nome e pelas características. “As crianças têm um olhar mais dedicado para cada florzinha e um encantamento que é só delas. […]

Exposição dog.art

Exposição dog.art

De 13 a 30 de novembro, acontece no Conjunto Nacional, localizado na Avenida Paulista, em São Paulo, a exposição dog.art. Projeto desenvolvido pelo Sciacco Studio apresenta esculturas caninas das raças Dachshund, Golden, Pitbull, Vira-lata e um convidado especial: o gato, pintadas por artistas plásticos e […]



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *